terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Programa Pronatec Experiência Rural Resgate História da Associação da Comunidade de Riacho Fechado e Projetos de Avanço para seus Agricultores Rurais.

Criada em 14 de junho no ano de 2003, com idealização partida do presidente na época citado como  FUMAC  e presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município o Sr. João Simplício Sobrinho, a associação foi elaborada por agricultores sendo iniciada dentro da comunidade já na escola Municipal Miguel Paulino Campelo aonde já era um grande numero de pessoas, mesmo sem a experiência da significância do sentido figurado da defesa na reunião comunitária.
Com poucas reuniões, mesmo assim; a escolha pela indicação já vivenciava nomes para está à frente com sua diretoria sendo planejada a escolha a Jovem Zilma Campelo de Lima silva, filha da comunidade, pela vasta experiência já como educadora dentro da zona rural. Na primeira reunião houve curiosidade por parte de todos que na consciência de muitos, o fato era que seria voltada com benefícios para homens e mulheres do campo. Nos 12 anos de história e na comunidade com um total de 30 famílias os benefícios era sucesso para jovens e adultos que na expectativa de melhorias, eram voltadas em parceria com sindicato rural do município e intuições do estado.  Nas reuniões realizadas no fórum das associações que aconteciam na sede do Sindicato o retorno era repassado dentro da comunidade com as reuniões que sempre se realizava aos domingos no período das 15h00minhs com todos os sócios. No ano de 2004 o   primeiro projeto elaborado retornou a localidade rural na ênfase, no programa de  um Milhão de cisternas aonde foram beneficiadas 18 famílias tendo em suas residências um cisternas com capacidade para 16 mil litros de água na resistência  em tempo de anos de seca permanente. Em 2011 a Associação despertou para outro projeto sendo desta feita; que iria beneficiar 25 famílias; o projeto de Vacas leiteiras para o melhoramento de  renda  e produção do leite e queijo para produtores rurais. 

 (sede da Associação comunitária de Riacho Fechado - Escola Miguel Paulino Campelo)
 
Dai por diante foram surgindo outras ideias aonde no ano de 2015 tendo a sua presidente Zilma Campelo houve um repasse avançado com o mais um  novo projeto totalizando em seu valor R$: 170,000 mil reais ( Projeto Socioambiental, com foco em acesso à água e segurança alimentar)  que beneficiará 40 famílias com a implementação de cisternas de Calçadão e duas passagem molhada  (modelo pontes) que viabiliza o acesso da comunidade a BR 226 e a localidade de Malhada vermelha sendo esta financiado pelo programa RN Sustentável e  Banco Mundial.
Dentre  os projetos anteriores outras instituições também na parceria como; ASA ( Articulação semiárido brasileiro)e PDS ( Projeto de Desenvolvimento Solidário) estiveram nos ajudando e apoiando fazendo a comunidade crescer em melhoria de vida.