sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Sindicato Rural de Lajes Pintadas promove Assembleia extraordinária para aprovação e escolha de sua nova diretoria do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentavél e Solidário (CMDS)

Criado no ano de 2003 constituído no município de Lajes Pintadas como FUMAC  no serviço de amparo e sustentabilidade ao agricultor rural; nesta quinta-feira (23) no período da manhã representantes do governo do estado do Rio Grande pelo programa RN Sustentável estiveram na sede do Sindicato dos Trabalhadores (a) rurais para realizar uma importante assembleia de caráter extraordinária para a criação do Conselho Municipal  de Desenvolvimento Sustentável e Solidário (CMDS) onde substituirão antigo FUMAC no município.

A reunião esteve sendo realizado na sede do STTR do município localizado na Rua João Pinto de Souza onde contou com a participação de 29 representantes municipais e rurais do município de Lajes Pintadas. Para abertura iniciada as 10h00min horas da manhã, as informações estiveram sendo repassadas pela presidenta da casa a Sra. Micarla Linhares onde oficializou a  reunião desejando boas vindas a todos (a) com uma breve apresentação dos participantes; logo em seguida a presidenta aproveitou ainda o momento para ler a lei  248/2013 aprovado em 16 de Dezembro do ano de 2013 pelo município que sancionou o conselho dando origem aos benefícios para as comunidades rurais espalhadas pela zona rural.
A assembleia contou ainda com a fala do gestor municipal o Sr. Prefeito Nivaldo Alves da Silva que no direito concedido em sua oportunidade afala, o mesmo ressaltou dizendo aos representantes presentes sobre sua satisfação em trabalhar cada vez mais para a sustentabilidade do homem do campo e promover benefícios de lucratividade para a renda familiar. No total foram 2 horas de reunião onde houve momento de diálogos sendo repassado pelas representantes Cristina Dantas (técnica do núcleo de gestão social do projeto RN sustentável da secretaria de planejamento do estado) e Sueli Paulo ( consultora social do projeto RN sustentável). 

Após as formalidades em seguida esteve sendo a vez de a representante Cristina iniciar sua apresentação falando sobre o Conselho municipal e seus benéficos onde citou alguns avanços tendo como tema: projeto Integrado de Desenvolvimento Sustentável com Unidade de gerenciamento-UGP.  O programa trabalhará e beneficiará nas seguintes áreas: Agricultura Irrigada, apicultura, cajultura, ovinocaprinolcutura, piscicultura, artesanato, têxtil e confecção, leites e derivados e por fim projetos culturais.  A assembleia também foi planejada para a composição e eleição dos membros diretoriais  do conselho sendo permanente no município ou por tempo indeterminado, dentre os requisitos as representatividades pela sociedade civil ficaram 5 localidades rurais dentre elas Boqueirão, Caldeirão, Catolé, Barros Preto e Riacho fechado.  Já os membros natos pelo poder público O Sindicato rural, prefeitura municipal, Igrejas católicas, cristãs e EMATER foi apresentado. 

A reunião aplaudida no ano de 2014,  e aprovado por todos sua nova diretoria para fins de benefícios ao agricultor rural foi formalizado pela sua presidência sendo representada por Micarla Linhares, vice-presidente Maria Elione, secretário (a) Zilma Campelo e Tesoureiro (a) Pedro Gilliard. A reunião contou com representantes de comunidades rurais pelas as associações de Serra Verde, Caldeirão, Riacho Fechado, imbaúba, Catolé, Boqueirão, Barros Preto, Assentamento Baraúnas, Malagueta, Bom Destino e Saco de Dentro, pela gestão municipal estiveram ainda secretários de Obras, agriculturas, recursos hídricos  e assessoria geral da prefeitura, vereadores, Centro de Referência em Assitência Social - CRAS, finalizando por representantes de Igrejas católicas e evangélicas do município. A assembleia foi finalizada as 12h00min horas da tarde sendo unanimemente aplaudida e acordada entre ambos pela sua representação municipal dando parecer para uma nova data com novo encontro para a aprovação do regime interno.