quarta-feira, 29 de maio de 2013

ESCOLA VÍRGILIO FURTADO RECEBE VISITA DO CRAS E CONSELHO TUTELAR PARA PALESTRA SOBRE VIOLÊNCIA SEXUAL

O Centro de referência em Assistência Social – CRAS de Lajes Pintadas, juntamente com seus profissionais em assistência para as famílias e diversificados públicos em geral;  tem realizado um importante trabalho de conscientização nas escolas públicas de nossa cidade.
No mês dedicado ao dia internacional ao abuso sexual de crianças e adolescente, a assistente social Dagda Sara e a psicóloga Wilmaiza Xavier em parceria com o conselho tutelar na representatividade dos conselheiros Iriz Regina, Liliana Soares e Gilceane de Souza, a equipe tem levado as escolas o dialogo participativo através da palestra sobre o assunto usando o show de slide no tema: Violência sexual contra criança e adolescente.

Na tarde desta sexta-feira (28/05) estivemos na escola estadual Virgílio Furtado encerrando as visitas às escolas, onde nossas palestrantes foram recebidas por alunos do turno vespertino do 1º ao 3º ano letivo. No total quase 115 estudante estiveram atentos ao assunto debatido que durou quase 1 hora de palestra. Recebendo-nos, a professora Ana Luiza e Irivan Silva esteve no apoio da organização em conscientizar aos alunos para a palestra da tarde.

A palestra foi iniciada as 14h00min horas da tarde com  alguns assuntos focando sobre os tipos de abusos sexual, qual a reação da pessoa que é abusado (a), qual o papel da escola no tratamento do adolescente que sofre o abuso sexual  e quais os órgãos no município que estão no apoio de tratar a pessoa que é abusada sexualmente ou ainda na denuncia rápida do agressor.
A assistente informou ainda que é de suma importância que a escola ou ainda as famílias estejam denunciando o agressor pelo disk 100 e dentro de cada município pelo conselho tutelar e delegacia municipal de policia. 

Encerrando a palestra o conselheiro Gilceane apenas enfatizou sobre o papel fundamental do conselho tutelar para a criança e o adolescente. Em sua fala o conselheiro disse: “ Nosso papel  é aconselhar as famílias advertindo cada dia sobre os perigos que vivenciam as crianças e os adolescente quando são deixados a vontade”. Finalizando logo após, foi agradecida a reunião pela psicóloga onde agradeceu a todos (a) pela importante palestra.