segunda-feira, 25 de março de 2013

Prefeitura Municipal de Lajes Pintadas vai distribuir peixe na Semana Santa

A prefeitura de Lajes Pintadas vai distribui peixe para a população mais carente na Semana Santa, o anuncio foi feito pelo prefeito Nivaldo Alves. Segundo o prefeito, a distribuição será feita em parceria com a Emater local que intermediará a compra dos peixes dos pescadores que atuam no município.


Logística de distribuição do peixe para Semana Santa.
Município
Dia de pegar no município fornecedor
Dia de distribuição
Quantidade de peixe
Beneficiários
Coronel Ezequiel
-
26/03/2013
4500 kg
2.250 beneficiários
Lajes Pintadas
-
26/03/2013
1125 kg
563 beneficiários
Tangará
-
27/03/2013
4676 kg
2.338 beneficiários
Jaçanã
25/03/2013
Em Tangará
26/03/2013
2000 kg
1.000 beneficiários
Japi
25/03/2013
Em Tangará
26/03/2013
2000 kg
1.000 beneficiários
Campo Redondo
25/03/2013
Em Tangará
26/03/2013
2000 kg
1.000 beneficiários
São Bento do Trairi
26/03/2013
Em Tangará
27/03/2013
1084 kg
542 beneficiários
Sítio Novo
26/03/2013
Em Campestre
27/03/2013
1000 kg
500 beneficiários
Serra de São Bento
26/03/2013
Em Campestre
27/03/201
2000 kg
1.000 beneficiários
São José do Campestre
-
27/03/2013
2625 kg
1.312 beneficiários

Os municípios que irão pegar o pescado em Tangará, falar com Alexandre para agendar horário e confirmar recebimento. Telefone de contato: 9927-3059
Os municípios que irão pegar o pescado em São José do Campestre, entrar em contato com Sebastião Coelho pelo telefone 9987-9865 ou 9655-3666 para agendar horário e confirmar recebimento.

CONSIDERAÇÕES:
  •   A prefeitura deve prestar conta da lista de beneficiários com as seguintes informações: Nome, NIS, CPF e assinatura do beneficiário;
  •  Para os municípios que irão pegar o pescado em outra cidade, agendar previamente o horário, e dispor de toda logística de recebimento, armazenamento e distribuição a fim de não comprometer a qualidade sensorial do peixe (recomenda-se carro refrigerado ou caixas de isopor com gelo, na proporção de 2 kg de gelo: 1 de pescado);
  •  Conferir a quantidade fornecida no município fornecedor, fazer recibo para comprovação;
  •  Embalar o pescado com a quantidade a ser distribuída por beneficiário (2kg) e armazenar em freezers até a hora da distribuição, para evitar tumultos na hora da entrega;
  • Os técnicos dos municípios beneficiados com o pescado advindo de outra cidade devem supervisionar a logística de aquisição e distribuição do produto;
  •   O técnico local da EMATER-RN emitirá relatório com registro fotográfico para a Assessoria Regional do PAA, no prazo de até 05 dias após a data da distribuição do pescado, contendo dados sobre a execução da Compra/distribuição do peixe para a Semana Santa no respectivo município, homologado pelo Conselho Municipal responsável pelo controle social do Programa de Aquisição de alimentos; A assessoria Regional do PAA deve encaminhar a Coordenação Estadual do PAA, a fim de que seja encaminhado ao Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do RN;
  •   A central de distribuição deve estar toda equipada (freezer, balança, caixa de isopor com gelo) e sinalizada com a placa do Compra Direta caso a distribuição aconteça nesse prédio (que deve ser preferido);
  •  Os manipuladores do pescado devem manter a higiene pessoal e aparência adequada para a entrega;
  •   Manter local de entrega limpo e organizado, sem objetos ociosos e em desuso;