sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

COORDENAÇÃO DO PETI SE REUNE PARA PLANEJAMENTO DOS TRABALHOS PARA O ANO

O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti)  que articula um conjunto de ações visando à retirada de crianças e adolescentes de até 16 anos das práticas de trabalho infantil, exceto na condição de aprendiz a partir de 14 anos. Esteve na manhã de hoje se reunindo com toda a sua coordenação para a realização de uma importante de propostas de como está atendendo ao público alvo e como desenvolver praticas de ensino usando o lazer e a educação.
Na primeira fala deixada pela secretária de assistência social Claudjane Gomes a mesma enfatizou dizendo: Ao ingressar no Peti,  tanto a coordenação compostas pelas orientadoras sociais como também pela coordenação de assistência a família tem acesso à transferência de confiança e credibilidade no que se refere ao tratamento preferencial tanto no período da colônia de férias realizada no inicio do ano como também durante o período do ano letivo quando se inicia. Outras orientações foram relatas em uma reunião participativa onde todos foram ouvidos e deixados propostas de como trabalhar o ano letivo dentro do programa para que a criança possa ter um lazer aperfeiçoado, dentre as propostas sugeridas a orientadora social do programa Cidinha França mencionou em sua fala a participação do programa no que se refere ao deslocamento há comunidade e nos encontros realizados especialmente para os adolescente e crianças assistidas pelo PETI.
Foi elaborada ainda outra proposta de trabalho, onde em questão ficou paltada  o cronograma de trabalho anual onde as informações passam a ser facilidades para os funcionários e o aluno esteja cada vez mais sendo o centro da educação de desenvolvimento para o município. Ainda na reunião foram sugeridas as realizações para as comemorações das datas comemorativas e como esta trabalhando juntamente com os alunos usando a arte e o saber intelectual.
A reunião foi encerrada com as palavras do coordenador Francisco de Assis que em sua fala mencionou que para o ano em curso o trabalho será totalmente voltado para assistência ao trabalho do PETI e ao serviço social básico de proteção a família e ao adolescente pelo programa de erradicação do trabalho infantil.