quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

ESCOLA ESTADUAL SÃO FRANCISCO PROMOVE CHÁ LITERÁRIO NAS LEMBRANÇAS DE GRANDES NOMES DA HISTÓRIA BRASILEIRA

  Durante a tarde de hoje na Escola Estadual São Francisco localizada na cidade de Lajes Pintadas, o dia foi para homenagear grandes histórias de poetas, cartunistas, músicos entre outros que passaram pela história brasileira deixando seus feitos e realizações em nossa pátria.
Denominado o 1º Chá Literário, alunos do 1º ao 9º ano matutino e vespertino realizaram a oportunidade de promover um mundo de curiosidade voltando ao passado na obra e vida de Vinicius de Morais, Ziraldo Pinto, São Francisco, Monteiro Lobato, Ruth Rocha, Cecilia Meirele, Luiz Gonzaga, Thalita Gabriele e Oscar Niemeyer.
Na obra de Vinícius de Morais os alunos contaram através de cartazes expostos para os visitantes toda a sua trajetória como Poeta essencialmente lírico, também conhecido como "poetinha,  nascido em 1913 no bairro da Gávea, no Rio de Janeiro, filho de Clodoaldo Pereira da Silva Moraes, funcionário da Prefeitura, poeta e violinista amador, e Lídia Cruz,  o poeta transformou a revolução preconceituosa em contos de literatura na mistura de palavras para um poema de emoções.
Ziraldo Pinto também foi citado no momento de recordações pelos alunos da escola São Francisco, escritor, cronista, desenhista, humorista, colunista e jornalista brasileiro e o criador de personagens famosos, como o Menino Maluquinho, e  atualmente, um dos mais conhecidos e aclamados escritores infantis do Brasil também foi destaque como um dos grandes idealizadores promovido pela criação da oficina de que deu-se destaque na tarde desta quinta-feira.
Além deste, outros grandes nomes como já foram citados foi espelho de experimento para trazer de volta as raízes de nossa terra como o rei do baião Luiz Gonzaga  onde foi contada um pouco de sua história tanto na música como também na vida familiar na difícil luta contra o mundo das drogas envolvendo o seu filho Gonzaguinha nos anos de 1979. A tarde inteira foi de muita apresentação onde todos que visitava as salas de aula tinham a oportunidade de viver momento de recordações envolvendo aprendizagem e interesse pela leitura e pelo bom desempenho da escola.
Mais as recordações não foram tão somente para grandes representantes da antiguidade e que passaram pela história; como forma de homenagear Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares, onde foi um dos arquiteto brasileiro de nome mais influente na arquitetura moderna e pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado na  década de 1940 até a idade de hoje; os alunos destacaram através de fotos e corte de matérias, uma homenagem para o homem que construiu o Brasil em seus brilhante trabalho usando a arquitetura nacional expandido para o exterior.
Uma adversidade infinita de trabalhos envolvendo poemas, relatos históricos e busca no regate histórico do Brasil foi demonstrado por alunos e professores no primeiro e belíssimo evento que com certeza ficará na história escolar do município de Lajes Pintadas.



































































fotos: eesf-lp.blogspot.com.br e Barros Preto 24 Horas